Cerca de 20 torcedores protestaram neste sábado no portão do centro de treinamento do Barcelona, pouco depois da chegada da delegação do clube, que vinha de Lisboa, em Portugal. O grupo, que ostentava faixas e cartazes, não escondeu a insatisfação, um dia depois da derrota dos ‘Blaugranas’ para o Bayern de Munique por 8 a 2, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. “Diretoria e jogadores, a vergonha de 121 anos de história”, “menos luxo e mais orgulho”, foram algumas frases exibidas pelos torcedores que se dirigiram para a Ciudad Deportiva Sant Joan Despí, onde o Barça realiza as atividades.

O protesto aconteceu no portão de saída dos carros do CT do clube, onde atletas e dirigentes passaram antes de irem para as respectivas casas. Um torcedor, inclusive, gritou que, naquele momento, o elenco deveria “trabalhar”, ao invés de ser liberado. Os jogadores e a comissão técnica entraram de férias, com o fim da temporada, já que o duelo com o Bayern acabou sendo o último jogo de 2019-2020. No início da semana, a diretoria deve ser reunir para avaliar mudanças na gestão do futebol, segundo apurou a Agência Efe.

*Com Agência EFE