O Serviço de Atenção Especializada (SAE) de Ribeirão Pires, promoveu na tarde desta quinta-feira (1) treinamento destinado aos enfermeiros da Atenção Primária para aprimorar o fluxo de atendimento e diagnóstico da sífilis.

De acordo com a coordenadora do SAE, Nanci Garrido, a capacitação faz parte do programa de educação continuada, que tem por objetivo a melhora no atendimento e acolhimento aos munícipes. “As Unidades de Saúde são portas de entrada para o diagnóstico da sífilis e as enfermeiras devem estar preparadas, atualizadas e treinadas para realizarem o melhor acolhimento à pessoa que precisa realizar o teste rápido”, comentou.

Sífilis

A sífilis e a sífilis congênita são Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) tratável e curável. A transmissão se dá por meio de relações sexuais sem uso de camisinha. Pode ser transmitida também da mãe para o bebê, durante a gestação ou na hora do parto. O tratamento é oferecido gratuitamente pelo SUS.

Os testes rápidos para diagnósticos podem ser realizados no SAE (Avenida Francisco Monteiro, 205) das 7h às 17h, ou em qualquer Unidade Básica de Saúde ou da Família.