O Governo do Estado de São Paulo anunciou um auxílio-desemprego para paulistas com mais de 17 anos que estiverem desempregados há um ano e que residam no estado há, pelo menos, dois anos. O auxílio mensal de R$ 330 faz parte do programa Emprego e Renda. Serão 10 mil vagas e o bolsista permanece no programa por até nove meses, com jornada de atividades de seis horas diárias, durante quatro dias da semana. No quinto dia ele terá que frequentar um curso de qualificação profissional ou de alfabetização.

O objetivo do programa Emprego e Renda é diminuir os impactos da pandemia de Covid-19 entre a população mais carente do estado. As oportunidades oferecidas são nas áreas de zeladoria, limpeza, conservação e manutenção de órgãos públicos municipais. Além do auxílio, o beneficiado terá seguro contra acidentes pessoais. As inscrições são gratuitas e já estão abertas. Os participantes podem se inscrever em locais definidos pelas prefeituras. Para saber a relação completa de endereços entre em www.desenvolvimentoeconomico.sp.gov.br.

Plano São Paulo preservou 318 mil empregos

Um estudo elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) aponta que o Plano São Paulo preservou 318 mil empregos no estado desde o início de junho. O Plano São Paulo é um plano de enfrentamento ao novo coronavírus e de retomada gradual da atividade econômica. Ele começou a ser implementado no estado no início de junho. Segundo o levantamento, esses empregos preservados estão, em sua maioria, entre os trabalhadores formais. A maior parte (303 mil deles) estão concentrados em atividades de serviço.

*Com Agência Brasil