O Grande ABC iniciou o ano com saldo positivo na geração de empregos formais, com 146 vagas abertas em janeiro. Seguindo tendência estadual e nacional, este resultado é inferior ao de janeiro de 2021.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). As informações, divulgadas pelo Ministério da Economia, foram organizadas pelo Observatório Grande ABC, iniciativa do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e da Agência de Desenvolvimento Econômico Grande ABC, com o objetivo de levantar números regionais dos mais diversos setores para embasar políticas públicas para a região.

Santo André (+575), Mauá (+505) e Diadema (+72) registraram mais admissões do que desligamentos, terminando o primeiro mês do ano com saldo positivo. 

Já São Caetano do Sul (-573), São Bernardo do Campo (-343), Ribeirão Pires (-44) e Rio Grande da Serra (-46) fecharam vagas.

Os resultados negativos, no entanto, não comprometem o saldo dos últimos 12 meses, que permanece positivo para todos os municípios, com mais de 34,3 mil vagas abertas desde fevereiro de 2021 na região.