Se manter um negocio já é difícil em tempos normais, imagina agora nessa época de coronavírus. Por isso, empresários e empreendedores precisam se reinventar, ser criativos e não podem desanimar.

Isso vale pra todas as áreas, da gastronomia a estúdios de tatuagem e salões de beleza.

Alguns restaurantes estão adotando os vouchers e dão desconto em compra antecipada pra poder usar quando tudo isso passar.

Um dos que esta fazendo isso é o Oguru Shushi e bar. Adquirindo o voucher, duas pessoas comem o rodízio pelo preço de um, ou seja, R$ 119.

Mas não são só os restaurantes que estão adotando medidas para enfrentar a crise. A Skull por exemplo é um estúdio de tatuagem, joalheria e também adotou a medida.

Segundo o sócio do estúdio, Juba Sam, o cliente que comprar online recebe  20% por cento de desconto.

Uma outra saída encontrada pelos empreendedores foi buscar apoio em sites de financiamento coletivo.

Como forma de incentivar clientes, eles não pedem doações, mas usam as plataformas em um modelo parecido com o dos vouchers: os interessados doam um valor e, futuramente, quando a quarentena acabar, poderão consumir a quantia doada no local

*Com informações do repórter Victor Moraes