Chegou a 66 o número de médicos mortos em decorrência do coronavírus na Itália. Os cinco mais recentes óbitos foram reportados pela federação que representa a categoria no país na última terça-feira, 31, segundo informou a CNN.

Segundo dados do órgão, cerca de 9 mil profissionais de saúde foram infectados com a Covid-19 enquanto combatiam o avanço da pandemia nos hospitais.

Quarentena

Desde o relato do primeiro caso da doença no país, em 21 de fevereiro, 110.574 pessoas já foram infectadas. Deste total, 13.155 morreram.

Nesta quarta-feira, o primeiro-ministro Giuseppe Conte anunciou que a restrição de circulação das pessoas será prorrogada até 13 de abril. Ainda há a possibilidade do prazo ser prorrogado novamente, caso os números de doentes no país continuem crescendo.